Zeitgeist, de Peter Joseph – Um ponto de vista a considerar

31 12 2010

Não poderíamos falar da criação do Universo sem falar de religião. Desde sempre que o Homem se perguntou qual teria sido a origem de tudo o que nos rodeia, e todas as religiões organizadas se baseiam numa coisa: proporcionar uma resposta a essa pergunta. Desde o Islamismo ao Cristianismo, desde o Budismo à Cientologia, existem imensas religiões preparadas para nos dar respostas prontas e dogmáticas acerca deste assunto. Cabe-nos a nós desenvolver o nosso espírito crítico e não aceitar o que nos dizem sem reflectir acerca do assunto. Com o propósito de levantar polémica interior em cada um de nós e estimular a reflexão, em 2007, foi lançado livremente na internet um documentário que se viria a tornar extremamente polémico, e que aborda, entre outros temas, a religião organizada, principalmente o cristianismo. “Zeitgeist”, de Peter Joseph, aborda três temas, sendo o primeiro deles a religião cristã, que o autor apelida como “a maior história alguma vez contada”. Podem assistir a essa mesma parte do documentário no vídeo que se encontra abaixo.

Este documentário apresenta excelentes argumentos, contrariando todo o paradigma religioso vigente há mais de dois milénios. Esperamos que depois da observação do video tenha retirado conclusões e, caso acredite ter algo para dizer acerca de religiões organizadas, por favor deixe-nos o seu comentário.

Na próxima publicação, a ocorrer na Segunda-Feira, abordaremos a intemporalidade do Universo, relacionando esta com as Leis da Termodinâmica.

Queremos aproveitar para agradecer o apoio que temos sentido por parte de quem visita o blog e o interesse e respeito que demonstram pelo nosso trabalho. Esperamos corresponder às expectativas e continuar a ser úteis no vosso caminho da reflexão.
A todos os nossos leitores, a equipa deseja um óptimo ano 2011.


Ações

Information

16 responses

31 12 2010
Rafinha Bastos (Garçons)

[…] Zeitgeist, de Peter Joseph – Um ponto de vista a considerar « A Origem […]

31 12 2010
Al Kaxophras

I wonder quem terá influenciado um post sobre o Zeitgeist… =D
Excelente trabalho, continuem!

Al Kaxophras (aka NOOB)

11 01 2011
aorigem

Sugestões são sempre bem-vindas! Obrigada pelo seu contributo, será sempre bem-vindo!

31 12 2010
vanessa alves

Muito provavelmente um dos posts mais significativos e relevantes nesta vossa busca, que, afinal, é também a nossa.
Muito certamente, este tema,a religião, é de longe, um dos postulados, um dos pontos fulcrais do processo de compreensão do que somos e donde viemos e do que é tudo isto.

😉

11 01 2011
aorigem

A Religião tem muito que se lhe diga, até porque tantas críticas não podem existir por mero acaso. Devemos analisar todas elas e tirar conclusões sem ter ideias predefinidas! Obrigada pelo seu comentário, aguardamos as suas visitas no futuro.

31 12 2010
Adelaide M.

Bem, ainda estive pensativa quanto ao que comentar… Não devido ao vídeo por vós publicado neste blog, e muito menos pelo respectivo conteúdo.

Lamento a interpretação dada a este filme. Zeitgeist, termo alemão que se traduz como “espírito do tempo”, ou ainda “desambiguição” em tradução mais directa tida pelo autor, trata a ausência de entidades divinas no nosso Mundo e não a sua inexistência, como aqui nos é apresentado. É relevante ainda este ter sido classificado como filme estadunidense (nacionalidade à qual se identificam pessoas das mais diversas etnias, vinculadas aos Estados Unidos), população onde os que se apresentam como ateus ou agnósticos representam 15% da sua totalidade.

Parece-me assim, que já assisti mais vezes a este filme do que vós, assim como à sua continuação.

Sem me apresentar como representante de X religião, agora para comentar um pouco o verdadeiro conteúdo do respectivo filme, a interpretação de um livro histórico como a Bíblia necessita que se tenha em conta o diferente significado das palavras, conforme a época e o lugar (penso que isto não vos faz confusão, uma vez que em pelo século XXI, no nosso país, todas as regiões possuem vocábulos muito próprios…).

Digo porém, sem qualquer receio, que é um bom vídeo defensivo de Peter Joseph. Todavia, defensivo não é sinónimo de verdadeiro.

Contenho mais comentários.

11 01 2011
aorigem

Não contenha comentários, estamos aqui precisamente para saber as opiniões de todos os leitores, independentemente das crenças de cada um. Será sempre bem-vinda.

1 01 2011
Levy

Interessante abordagem, merece reflexão, parabéns.

11 01 2011
aorigem

É exactamente isso que pretendemos Levy, provocar a reflexão nos nossos leitores, ficamos optimistas por saber que estamos a conseguir. Obrigado, a sua opinião será sempre bem-vinda!

3 01 2011
Soraya

Adorei seu blog ,pois gosto desse tipo de assunto, o universo me encanta. Parabéns. Antes de conhecer o seu eu física um site muito bom que já esteve aqui no Dihitt mas não tenho visto mais, estilo o seu era o http://www.misteriosdocotidiano.com.
Vc está de parabéns, tem muitos mistérios que o homem ainda não desvendou e muito menos a ciência, e é exatamente isso que me deixa curiosa. Parabéns.

11 01 2011
aorigem

Muito obrigado Soraya por apoiar o nosso projecto. É de facto um tema bastante interessante, daí trabalharmos nele com tanto empenho! A sua opinião será sempre bem vinda, obrigado!

14 01 2011
Klaus

Muito bom o vídeo!!

Enquanto tentamos convencer as pessoas que Deus existe ou que Deus não existe todos, salvo excessões que comprovam a regra, seguimos nos comportando como se os outros seres do planeta não tivessem direito ao bem-viver.

É certo que precisamos consumir seres mesmo que só vegetais para vivermos mas esses seres que nos possibilitam viver devem ganhar respectiva consideração e respeito.

Como os seres mais inteligentes do planeta deveríamos procurar causar o menor impacto e menos sofrimento possível ao planeta e aos outros seres porém crentes e ateus vivem como se o universo girasse em torno dos seres humanos.

O veganismo, a busca pela alimentação por vegetais orgânicos, o uso da bicicleta são atitudes que vindas por livre e espontânea vontade demonstram, ao meu ver, a evolução da lucidez frente a tantas mentiras que nos contam.

Abraços e parabéns pelo blog que acabei de conhecer,🙂

14 01 2011
piscinas

adorei ver aqui um posto a falar do zeitgeist !
tenho imenso respeito por todos os ideologistas que originaram essa filosofia de vida !

14 01 2011
aorigem

Realmente o Zeitgeist é uma prova de bom senso a até de coragem por quem ousou publica-lo. Obrigada pela sua opinião, será sempre bem-vindo.

3 02 2011
AMXMOD( do TW)

Parabéns pelo trabalho, ficou msm muito bom.

4 02 2011
A Origem

Obrigado Lucas, apareça quando quiser.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s