Teoria dos Multiversos

17 01 2011

A questão da origem do Universo é provavelmente a questão mais inquietante da História da Ciência e da Humanidade e aquela que mais reflexão tem causado por parte do ser humano. Bastantes teorias foram formuladas e incontáveis hipóteses foram postas. No entanto, de todas as teorias apresentadas, nenhuma será tão complexa como a Hipótese dos Multiversos.

Já aqui discutimos que é altamente improvável que o nosso Universo seja intemporal e/ou eterno. Mas é possível que o nosso Universo não seja o único. A Hipótese dos Multiversos prevê que existam inúmeros outros Universos. Esta proposta engloba a Teoria da Relatividade de Einstein e a Teoria Quântica, até agora completamente incompatíveis, e outras hipóteses como a Teoria das Cordas. A Teoria dos Multiversos divide-se em quatro níveis, cada um deles com maneiras, localizações e espaços diferentes onde esses universos paralelos se manifestariam e prevê que cada acontecimento que poderia ter acontecido mas não aconteceu no nosso Universo, aconteceu de facto noutro Universo paralelo. Esta hipótese está bem explicada e explícita neste documentário da History Channel, que passamos a exibir.

Esta teoria não é considerada científica pois não pode ser nem refutada nem comprovada, no entanto persistem muitos estudos por parte de conceituados físicos e químicos que consideram esta hipótese correcta e já estão inclusivé à procura de portais entre Universos e de uma possível prova de que estes Universos existem.

A Teoria dos Multiversos considera que Universos gerarão outros Universos, sendo que o nosso “Deus” (entidade criadora) seria outro Universo que conteria outra realidade alternativa. Será que somos apenas um Universo entre um número infinito deles? Será que tudo o que não fazemos neste Universo, é feito noutro? Será que é possível haver contacto entre os Universos paralelos? Deixamos os nossos leitores com estas questões que podem ter variadas nuances.


Ações

Information

2 responses

18 01 2011
vanessa alves

É possível.
Acredito qie sim.
Não estamos sós e tão pouco somos únicos.
Desenganem-se os que acreditam nesse mito manchado de arrogância.
Somos meros. Somos um fio. Uma parte.
E se agirmos como tal, chegaremos às respostas.
O conhecimento nasce da humildade, não da arrogãncia de saber.

Bom post😉

28 04 2013
gtm

Falou tudo, Vanessa.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s